Pupilo de Tite, meia exalta oportunidade na Ponte e promete não desistir de G-4

matheusvarg 140918aMatheus Vargas, de 22 anos, é apresentado pela Macaca e fica à disposição de Marcelo Chamusca

A Ponte Preta apresentou nesta sexta-feira seu último reforço para a temporada. Artilheiro do Osasco Audax na Copa Paulista, o meia Matheus Vargas comemorou a chance de defender a Macaca na Série B e mostrou que já absorveu o discurso do elenco: não desistir do G-4 enquanto houver chance matemática.

– Estar aqui é fruto do meu trabalho, da boa campanha que vinha fazendo no Audax. Fico muito feliz, mas sei que não cheguei aqui sozinho. É focar e buscar nossos objetivos. Décimo lugar não era o que a Ponte Preta esperava, mas a gente não vai desistir enquanto tiver chance. É buscar os pontos fora de casa e focar lá em cima – disse.

Apesar de novo (22 anos), o novo meia pontepretano tem experiência na carreira. Além de atuar pelo Osasco Audax, defendeu o Oeste, passou pelo futebol grego (com a camisa do Kerkyra) e também pelo Corinthians, por quem se profissionalizou em 2015. Quem o subiu ao elenco principal foi Tite, hoje comandante da Seleção Brasileira.

– Fui para dois jogos na campanha do título brasileiro e acabei não entrando. É uma experiência única, você vê hoje o tamanho do Tite para a nação brasileira. Agradeço por tudo que aprendi no Corinthians, foi onde me abriu as portas. Foi gigantesco.

Vargas está regularizado e, portanto, à disposição de Marcelo Chamusca para a próxima partida da Macaca. Ainda sem vencer com o novo treinador, a Ponte encara o Oeste neste sábado, às 21h, em Barueri. O clube está em décimo lugar, com 35 pontos.