Joia do Santa Cruz, André cita inspiração em conceitos de Pep Guardiola e Mourinho

andre 300720Volante coral diz ler livros sobre modelos de jogo pensados pelos treinadores para aprimorar desempenho dentro de campo

Foi jogando futebol com garotos mais velhos que André, volante do Santa Cruz e um dos grandes nomes do time nesta temporada, garante ter amadurecido dentro de campo. Melhorado suas habilidades.

Mas a joia da base coral também se apega a alguns ensinamentos que aprendeu - e dos quais se inspira para melhorar seu desempenho na Cobra Coral - fora das quatro linhas: aos conceitos de jogo dos técnicos multicampeões Mourinho e Pep Guardiola.

“Quando a bola vem eu já sei o que fazer. É uma coisa que eu tenho comigo, o pensar antes. Eu li vários livros de Pep Guardiola, Mourinho. Gosto muito de ler para aprender sempre. Um jogador diferente, ainda mais na posição do meio, tem que saber o que vai fazer antes de chegar na bola. É trabalho, evolução, inteligência de jogo”, afirmou André.

“Desde pequeno eu estava sempre à frente dos meninos. No sub-15 eu jogava no sub-17, no sub-17 eu jogava no sub-20 e aí fui sempre aprendendo com os mais velhos. Acredito que para ser volante o cara tem que ser completo, usar as duas pernas, ter um bom domínio, um bom passe, uma boa marcação”, completou.

Desde que chegou ao Santa Cruz em 2018, André se destacou nas categorias de base. Neste ano, após a histórica campanha do time na Copa São Paulo de Futebol Júnior, o volante ganhou oportunidade no elenco profissional do técnico Itamar Schülle. Estreou diante do ABC, na Copa do Nordeste, e desde então não saiu mais do time, desbancando o experiente Bileu na cabeça de área.

fonte: pe.superesportes.com.br