Lateral há nove anos na Europa quer voltar ao Brasil e fala em interesse recente de 6 grandes

mariano 030320Se a parada do futebol por conta do coronavírus não tivesse ocorrido, provavelmente seriam os últimos dois meses de Mariano na Europa. O lateral-direito tem contrato até 30 de junho com o Galatasaray e, após nove anos na Europa, revelou à ESPN que deseja voltar ao Brasil e que foi procurado recentemente por alguns clubes.

 

“São nove anos, família quer voltar e eu também penso em voltar. Agora porém meu agente avisou que talvez contratos prolonguem, estamos esperando pra ver. Alguns clubes procuraram sim, Fluminense, Palmeiras, Santos, São Paulo e Flamengo antes de contratarem o Rafinha e agora ouvimos bastante especulações do Atlético-MG”, declarou.

No caso do Flamengo, Mariano disse que a ligação foi feita há quase um ano e o clube deixou claro que a prioridade era Rafinha. Por isso, o interesse esfriou assim como o de São Paulo e Santos, que ocorreram quando os treinadores eram Cuca e Jorge Sampaoli, respectivamente.

O jogador disse não há nenhuma preferência para voltar e lembrou que sua situação é atrativa para os clubes brasileiros.

“Como estou em término de contrato facilita, já que não tem valor de transferência, e sabemos que minha posição tem carência. Quando saí do Fluminense deixei as portas abertas no Brasil e não quero fechar (falando de preferências)”, ressaltou.

O Galatasaray avisou Mariano em janeiro que não tinha interesse na renovação por conta da situação financeira, porém, com o crescimento do clube, que está no momento a três pontos da liderança do Campeonato Turco, começou a ouvir rumores que isso poderia mudar.

“Penso em voltar sim, mas nunca se sabe né, pode aparecer algo aqui na Europa que talvez não possa dizer não”, lembrou o lateral, que antes da Turquia passou pelo Sevilla e pelo Bordeaux no Velho Continente.